Romantizando a Dor...

20:18

Vendo a folha em branco e o espaçamento piscando o tempo todo no meu monitor, acabo entrando em um completo lapso de tempo, tentando imaginar tudo o que aconteceu e o que eu posso levar de lição, o que posso escrever, o que posso botar para fora, porém, minha mente não tem força e não lembro de nada. O espaçamento pisca o tempo todo como se pedisse para eu falar o que sinto, uma pena é que não consigo me expressar tão bem sobre esse sentimento: Dor.
É um sentimento que não me deixa saída para viver, um sentimento que sufoca todos os pensamentos, um sentimento que é tão egocêntrico que só me faz pensar nele mesmo, pois "A dor precisa ser sentida." (A culpa é das estrelas). Mas sentida de um jeito tão hard que nem o que se diz mais "fodão" consegue aguentar, um sentimento que me prende na sua prisão e parece não me deixar sair e a única que posso fazer é tentar mandar uma mensagem a partir das minhas lágrimas para alguém, pedindo, clamando ajuda.


Senhorita Meow Texto Meow Blá Blá Blá Romantizando a dor...

Desculpe a todos, mas isso é um saco não é não? Romantizar uma dor? Mas do que adianta chorar e se Estabanar? Ahh... como eu queria ficar apenas no meu mundinho e chorar e me estabanar... Pena que o mundo me puxa de volta, com um solavanco tão grande que acaba deixando marcas roxas nos meus joelhos. O mundo abre feridas que antes nem eram tão grandes assim, que nem doiam tanto. O mundo, meus amigos é uma incrível bola de injustiças e você acaba sem querer entrando nessa bola. Minha pergunta é: Você realmente quer sair?
A injustiça é uma dor, uma dor que acho que todos vão passar na vida. Ser o melhor porém, não ser valorizado, suar, ser um condenado da vida...
Estou escrevendo em um dia bem ruim, quase vi alguém morrer a minha frente, fui humilhada e meus sonhos estão chegando ao fim do poço e o pior, nem sei o que vou escrever aqui... 
Engana-se quem pensa que vou escrever "seja forte", afinal quando se chega em uma etapa assim tão longe, acho que a última coisa que se quer é ouvir: "Tenha calma" não é mesmo? 
Um homem sábio me disse um dia: Espere, pois a sua hora chegará, no tempo certo, tudo o que é para ser será seu e de um jeito muito melhor do que qualquer um que você vê por ai. Pode ser verdade, mas como disse, "seja forte" não é o que eu quero ouvir agora. Se isso que você, caro leitor, deseja ler...
Existem dois tipos de dores: A dor que ocorre quando algo está ferido, quando algo queima dentro de você e a dor sentimental onde nada se pode fazer, onde se sentir sozinho é o que se resta. Me pergunto qual dor é a mais dolorida... Pois ao meu ver, as duas rasgam como flechas e ultrapassam o corpo como balas. Não tenho muito o que falar, só que é uma necessidade da dor ser sentida para ser finalmente entendida e depois (EU ESPERO) que entendendo-a eu consiga rasgar com unhas afiadas todo esse sentimento desprezível e retardado, mas agora, quero apenas mandar um recado: Falar da dor é um modo de se entendê-la e se sentir melhor e quem melhor para falar se não consigo mesmo?

Dê uma olhadinha também em:

0 comentários.

Caixinha de música - Respeita as Mina

Caixinha de música - Respeita as Mina
Clique e ouça!

Hey, vem dar uma curtida por aqui!

instagram da Meow